Curadoria de Conteúdo

Se por um lado temos uma overdose de informações que chegam por todos os lados, por outro temos a oportunidade de “garimpar” o que há de melhor e promover acesso à informação filtrada de acordo com as necessidades percebidas pelo Treinamento.

Nesse post aqui de 13/02/2019 eu já falava sobre Curadoria ser realmente uma tendência… e aproveito para relembrar o que eu entendo por tendência:

Gosto muito mais de tendência no sentido de “evolução de algo em determinado sentido”, e daí a coisa toda muda de figura, por que evoluir envolve passar por determinadas fases.

Mas, afinal, o que é curadoria de conteúdo?

Fazer uma curadoria, no contexto de T&D, significa encontrar, filtrar e disponibilizar conteúdos relevantes e que atendam aos objetivos de aprendizagem percebidos pela organização em função de seu propósito estratégico.

Parece um processo simples, não é mesmo?

E se você tiver clareza dos objetivos de cada material realmente pode ser… mas há um ponto de atenção aí: o material deve ser revisto continuamente e, se necessário, atualizado ou substituído. Acredito que a dificuldade – e, por isso, mesmo o calcanhar de Aquiles da curadoria – resida justamente nesse fator.

Um outro ponto importante é: não basta entregar o conteúdo e esperar que o leitor saiba exatamente o que fazer com aquela informação… se assim fosse, bastava dar uma googlada e záz!

É importante que nós, designers instrucionais/educacionais/de experiência elaboremos um roteiro de estudo ao aluno, conduzindo-o em direção ao objetivo proposto e esclarecendo por que aquele material é interessante para ele.

Quais os benefícios da curadoria de conteúdo?

Percebo que há uma movimentação maior em busca de fazer curadoria de conteúdo por conta de redução de custos no desenvolvimento de novos materiais… e tudo bem, não há problema em otimizar o orçamento da área (e, você sabe, o uso de e-learning começou assim também).

Mas você pode pensar de forma mais estratégica e usar a curadoria por outros bons motivos também:

– reconheça e empodere os criadores de conteúdo da sua empresa; tenho certeza de que você tem gente muito boa aí esperando uma chance de compartilhar conhecimento;

–  inicie ou fortaleça uma cultura de aprendizagem contínua;

– proporcione autonomia dos alunos em relação ao seu processo de aprendizagem ao mesmo tempo que entrega a ele um conteúdo validado pela organização.

Algumas pedrinhas de tropeço…

Já vou antecipar algumas situações que podem fazer você tropeçar ao curar conteúdos:

– “É muito conteúdo!”

Atenha-se aos objetivos de aprendizagem 😉

– “É muito pouco conteúdo!”

Pesquise, converse com especialistas… se realmente não há conteúdo disponível para você trabalhar, então você está diante ou de uma grande oportunidade ou de uma grande furada… avalie!

– “Não estou certa de que a fonte desse material é confiável”

Não use! Não é porque está na internet que é verdade… em tempos de Fake News você já deve estar com as barbas de molho, sim?!

– “Esse conteúdo é muito legal, mas é de 1980…”

Bom, eu sou de 1976 e estou dentro da validade ainda…brincadeiras à parte, verifique se o conteúdo não é perecível e avalie a melhor forma de usá-lo ou não usá-lo.

Boas práticas na curadoria de conteúdo

  1. Comente a escolha daquele conteúdo, diga por que ele é relevante e quais são os pontos de atenção.
  2. Dê os devidos créditos aos autores.
  3. Incentive a participação de todos no processo.
  4. Revise o material periodicamente.
  5. Mensure resultados.

Implementar um processo de curadoria é para qualquer empresa?

Sim… e não…

Sim, se você e sua equipe estiverem dispostos a investir tempo e energia para colher os frutos (vide benefícios que comentei mais acima).

Não, se sua equipe e organização não tiverem maturidade o suficiente para sustentar o processo todo.

Se esse conteúdo ajudou você, compartilhe e ajude a criar um mundo onde profissionais de treinamento sejam vistos como realmente são: estratégicos para o negócio.

Conto com você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *