Basta traduzir? 7 dicas de localização em cursos on-line

Quando você recebe um curso, por exemplo, em inglês e precisa disponibiliza-lo aqui no Brasil, a primeira coisa que você vai fazer é traduzir esse curso, certo? Sim!

Daí você recebe a tradução e precisa “localizar” esse texto no curso, ou seja, substituir os textos da versão original pela versão traduzida. Pronto, agora é só subir o curso no LMS, certo? Não!

Localizar o curso pode ser mais que apenas traduzir os textos, é preciso adaptar questões culturais como expressões, imagens, exemplos, sotaques e, talvez, até ilustrações.

Pode ser que você conheça esse processo como “tropicalização” do conteúdo.

Vamos a algumas dicas:

Tenha bons parceiros de tradução

Existem algumas empresas que são especializadas na tradução de documentos de determinados segmentos; se o seu negócio for muito específico, considere gastar um pouco mais em troca de uma tradução bem-feita.

Diagramação da tela

Tenha em mente que um texto ao ser traduzido do Inglês, por exemplo, termina com um volume 25% maior que o original. Isso significa que caixas de texto e/ou balão de fala deverão ser rediagramados, impactando o layout da tela.

E se a versão original do curso for de leitura da direita para a esquerda, como o árabe ou o hebraico? Nesse caso considere ter layouts específicos para cada idioma.

Imagens editáveis

Tente garantir que as imagens utilizadas no curso não tenham texto mesclado nelas ou exija receber as imagens em formato editável. Isso porque pode dar um trabalho danado “escrever” o texto traduzido em cima de uma imagem.

Sotaques e expressões

No caso do conteúdo em áudio, fique atento aos sotaques, o espanhol falado na Argentina pode ser bem diferente do espanhol falado na Espanha, por exemplo.

Com relação a expressões nem precisamos ir longe, aqui mesmo na nossa terra você pode passar algum constrangimento ao usar determinadas palavras, o que dirá de traduzir uma expressão regional para outro idioma e deixar um texto totalmente sem sentido?

Localização e Ferramenta de Autoria

Se você desenvolve seus cursos internamente com o apoio de ferramentas de autoria, dê uma olhada se ela facilita o trabalho de localização de seus cursos.

O Captivate permite que você exporte os textos do curso em um determinado formato, próprio para tradução, e depois você importa esse documento e, zás, o texto é todo substituído automaticamente.

Ainda assim você precisa ter alguns cuidados, como revisar a diagramação e ter certeza de que os textos escritos com fonte na cor branca foram traduzidos, por exemplo.

Estilos de aprendizagem

Na localização há de se considerar como as pessoas aprendem e suas expectativas nesse processo de aprendizagem. Será que os orientais aprendem da mesma forma que os ocidentais?

Para uns pode ser interessante detalhar conteúdo, apresentar teorias e explicar tudo em detalhes, para outros pode ser melhor entregar microlearning…. um pode querer precisão e o outro, velocidade.

Personagens e cenários

Uma vez eu li uma declaração de uma aluna na Avaliação de Reação de um curso e isso me marcou: ela falava sobre não se identificar com o curso, que trazia personagens loiras e magras, quando ela era uma autêntica latina de cabelos negros e pele morena.

Nos seus cursos fique de olho se as ilustrações representam a população a ser treinada.

E, com relação a cenário você precisa cuidar para explorar paisagens de todas os locais onde a empresa atua, você aqui no Brasil, naturalmente vai acabar usando mais cenários nossos… mas isso pode causar uma crise diplomática, principalmente se a sua cidade não for a sede da Companhia.

 

Como você tem localizado seus cursos por aí? Compartilha aqui nos comentários!

2 Comentários


  1. Boa lembrança, Soani! Vale ressaltar também que o profissional de tradução faz sempre a versão para a sua língua materna. Tem muita gente por aí dizendo que traduz para língua estrangeira, mas essa não é uma atitude profissional. Abraços,

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *