Glossário

Abertas, questões: vide Dissertativas, questões.

ADDIE: o modelo ADDIE é o mais conhecido e usado no universo do Design Instrucional. Compreende 5 etapas: Análise, Desenho, Desenvolvimento, Implementação e Avaliação.

Afetivo, domínio: um dos domínios abordados na Taxonomia de Bloom, refere-se  à maneira como lidamos com nossos sentimentos, valores e atitudes.

Ambiente virtual de aprendizagem: o AVA reflete a sala de aula presencial no mundo virtual. É no AVA que o aluno assiste aulas, realiza os cursos, faz prova e interage com outros alunos; cada ambiente tem características e recursos próprios. São exemplos: Blackboard, Moodle, webAULA. Difere do LMS por conta da perspectiva de quem o acessa, no AVA estamos falando da visão do aluno.

Análise, etapa de: é a primeira etapa do Modelo ADDIE. É na Análise que se discute todo o escopo do projeto e são levantados pontos como: entendimento da demanda, objetivos de aprendizagem e de desempenho, solução mais adequadas, restrições, riscos, necessidades do negócio, público-alvo etc.

Assíncrono: comunicação que não exige como emissor e receptor estejam em interação ao mesmo tempo.

AVA: vide Ambiente virtual de aprendizagem

Avaliação, etapa de: é a última etapa do Modelo ADDIE. É na Avaliação (Evaluation) que se investiga se os objetivos do treinamento foram alcançados e se a solução foi efetiva, proporcionando um momento de revisão das estratégias aplicadas.

Avaliação de Conhecimento: instrumento de medição do ganho de conhecimento ao longo do curso ou do módulo. Corresponde ao 2º nível de avaliação no modelo desenhado por Kirkpatrick.

Avaliação de Reação: como o nome sugere, essa avaliação permite a análise da percepção do aluno com relação ao curso ou parte dele. Pode ter perguntas relacionadas ao conteúdo, à abordagem e ao ambiente virtual de aprendizagem.

Avaliação de Transferência: nessa avaliação, em geral realizada por meio de observação no posto de trabalho do funcionário, é possível verificar a aplicação do conhecimento adquirido em um treinamento. Corresponde ao 3º nível de avaliação segundo o modelo desenhado por Kirkpatrick.

Bloom: vide Taxonomia de Bloom

Carga horária: tempo previsto para realização das atividades de um curso.

Chat: comunicação síncrona em que os participantes se encontram em salas de bate-papo virtuais.

Cognitivo, domínio: trata do processo de aquisição de conhecimento, Segundo Bloom, envolve os seguintes níveis de competências intelectuais: conhecimento, compreensão, aplicação, análise, criação, avaliação.

Desenho, etapa de: vide Design, etapa de

Desenvolvimento, etapa de: é a terceira etapa do Modelo ADDIE. No Desenvolvimento se dá a construção do curso, de acordo com as orientações vindas da etapa de Desenho.

Design: processo de idealização, criação, desenvolvimento, configuração, concepção, elaboração e especificação de algo direcionado para o uso. (definição de Vani Kenski em Design Instrucional para cursos online -Editora SENAC)

Design, etapa de: é a segunda etapa do Modelo ADDIE. No Design se dá a concepção do curso, desde a escolha da solução mais adequada até a elaboração do roteiro e sua validação.

Design Instrucional: processo que consiste em, a partir de uma necessidade de treinamento, desenhar uma solução de aprendizagem assertiva. O Modelo ADDIE é o modelo de construção dessa solução mais usado.

Designer Instrucional: é o profissional responsável pela elaboração de soluções de aprendizagem. A profissão de Designer Instrucional é descrita na Classificação Brasileira de Ocupações do Ministério do Trabalho sob o código 2394-35.

Dissertativas, questões: perguntas abertas que permitem ao aluno expressar seus conhecimentos em textos curtos, com suas próprias palavras. Relativamente fácil de construir, mas leva mais tempo na correção.

Domínios de aprendizagem: são três os domínios de aprendizagem fundamentais: intelectual ou cognitivo, afetivo-social e sensório-psiconeurológio ou psicomotor.

Duração da aprendizagem: vide Carga horária.

Ferramenta de autoria: software que permite que o Designer Instrucional desenvolva, sem o apoio de ilustradores e programadores, um curso on-line. Algumas delas são: QuickLessons, Captivate e Applique (minha preferida).

Fórum: espaço de discussão assíncrona entre aluno x instrutor e aluno x aluno.

Implementação, etapa de: é a quarta etapa do Modelo ADDIE. Na Implementação ocorre a disponibilização da solução de aprendizagem desenhada para o aluno no Ambiente Virtual de Aprendizagem.

Interação: funcionalidade que permite que o aluno interaja com o curso promovendo uma participação mais ativa e menos passiva.

Interatividade: condição promovida pelo nível de interação do aluno no curso.

KirkPatrick: Donald Kirkpatrick (1924-2014), professor americano criador do modelo de avaliação de aprendizagem, dividido em 4 níveis: reação, aprendizagem, transferência e resultados (ROI).

LMS: do inglês, Learning Management System. O LMS é a plataforma que permite ao gestor cadastrar, gerenciar e avaliar os treinamentos implementados na sua organização. São alguns exemplos: Atena da Ciatech, Canvas, eadBOX, Moodle (gratuita) e webAULA (minha indicação).

Microlearning: solução de treinamento que tem como característica a curta duração; antes chamada de pílula de conhecimento costuma ter entre 3 e 5 minutos.

Objetivo de aprendizagem: resultado que se busca em um treinamento. O objetivo de aprendizagem geralmente é medido por meio de uma Avaliação de Conhecimento.

Objetivo de desempenho: resultado esperado na prática do trabalho do funcionário treinado. Esse objetivo é medido via medição de transferência.

Psicomotor, domínio: um dos domínios abordados na Taxonomia de Bloom, refere-se  ao uso de habilidades motoras de coordenação e construção.

ROI: Retorno sobre o Investimento. Trata-se da relação entre o valor investido em treinamento e o retorno desse investimento, seja em dinheiro ou em ganhos indiretos.

Roteiro: documento, geralmente elaborado no PowerPoint, que esboça o curso on-line e orienta a equipe de desenvolvimento.

SCORM: acrônimo de Shareable Courseware Objective Reference Model, em português: Modelo de referência de objetivo de aprendizagem compartilhado). É um padrão internacional de programação que permite que os dados gerados pelo curso possam ser lidos no LMS; e, por ser padrão, qualquer LMS deve ser capaz de lê-lo, tornando-o reutilizável ou compartilhável.

Síncrono: comunicação que exige que emissor e receptor estejam em interação ao mesmo tempo.

Storyboard: conhecido também como SB, vide roteiro.

Taxonomia de Bloom: taxonomia de objetivos educacionais, elaborada por Benjamin Bloom em 1956. Divide a aprendizagem em três domínios: cognitivo, afetivo e psicomotor.

 

 

Se você sentiu falta de algum conceito, me diga e eu incluo.