Objetivos de aprendizagem: 3 dicas e uma reflexão

Desenvolver um curso requer tempo, energia e dinheiro, certo?

E ninguém tem nada disso sobrando, certo?

Então para gastar esses recursos você precisa ter claridade do porquê desse investimento, sim?

Pois bem, você está perto de encontrar os objetivos de aprendizagem de um curso.

É super, super importante ter claro quais os objetivos do seu curso, e eles são pelo menos dois:

– objetivo de aprendizagem (OA)

É o resultado que se espera daquele treinamento em termos de ganho de conhecimento.

Um recurso bastante usado para ajudar a determinar um AO é a Taxonomia de Bloom, que apresenta três domínios de aprendizagem: cognitivo, afetivo e psicomotor.

Nível de aprendizagem COGNITIVO AFETIVO PSICOMOTOR
Competências Intelectuais Atitudinais Motoras
Verbos característicos Definir, descrever, demonstrar, detalhar, planejar, decidir… Apreciar, comprometer-se, influenciar… Construir, consertar, fazer, desenhar, executar…

Dica 1

o objetivo deve ser alcançado pelo aluno, não pelo conteúdo ou pelo instrutor, no caso do presencial.

Andrea Filatro, em seu livro Design Instrucional na prática, resume bem isso:

“… `apresentar´, ´demonstrar´, `oferecer´, `mostrar´ ou `ensinar´ determinado conteúdo são objetivos a ser alcançados pelo curso, e não pelo aluno – a menos que se trate de um seminário ou outra estratégia em que o aluno terá de apresentar, demonstrar, ensinar algo.”

A Taxonomia de Bloom rende um post só para ela, em breve faço isso, está bem?

– objetivo de desempenho (OD)

É o resultado que se espera do aluno em termos de ganho de habilidades e atitudes aplicados no posto de trabalho.

Dica 2

Os objetivos devem ser elaborados em conjunto com o cliente e com o conteudista, se for o caso, e por isso é importante garantir que há espaço e infraestrutura para que os objetivos sejam alcançados. Isso porque não é incomum que o cliente não perceba o verdadeiro motivo do gap de conhecimento… Treinamento não faz milagre!

Robert F. Mager, em O que todo chefe deve saber sobre treinamento, diz que “um desempenho bem-sucedido no trabalho requer as quatro condições a seguir – todas elas:

– Habilidade

– Uma oportunidade para atuar

– Auto-eficiência

– Um ambiente de apoio”

Eu concordo, e você?

Como escrever um objetivo de aprendizagem

Se posso dizer que há uma fórmula para escrever bons OAs, seria mais ou menos assim:

Q + (a + o)/B + c = OA

#aGaleraDeHumanasPira

Quem + (ação + objetivo)/Taxonomia de Bloom + circunstância = Objetivo de Aprendizagem

Por exemplo:

Designers Instrucionais serão capazes de elaborar objetivos de aprendizagem mensuráveis no desenvolvimento de cursos on-line.

E mais:

– deve ser engajador

Estamos falando para adultos, então precisamos mostrar o que ele ganha ao fazer esse treinamento, por qual motivo ele deve concluir esse curso.

– deve refletir uma ação

Os objetivos são expressos por verbos no infinitivo… para te ajudar na inspiração preparei um PDF com os principais verbos de cada domínio de aprendizagem.

Clique para fazer download de exemplos da Taxonomia de Bloom

Dica 3

Técnica SMART

Um objetivo SMART é:

eSpecífico: tem clareza

Mensurável: pode ser medido por meio de números e indicadores

Atingível: é factível e alcançável

Realista: é possível e concreto

Temporal: tem prazo estimado para ser alcançado

Como avaliar objetivos de aprendizagem

avaliação de aprendizagem

Objetivos de aprendizagem podem ser medidos nas avaliações e, por isso, é tão importante que os OAs sejam claros para que estejam presentes na elaboração das questões.

avaliação de transferência

Objetivos de desempenho devem ser checados no posto de trabalho do funcionários por meio de observação.

KPIs

Lembra que eu disse lá em cima que a área cliente tem que participar da construção dos objetivos? Isso porque assim ela se compromete com a mensuração dos indicadores.

E mais…

Não dá para falar de objetivo sem pensar no resultado, e mais além ainda daquele que falei no comecinho do post. Quando a gente, designer instrucional, pensa em um curso, precisa pensar no curso em um contexto macro, sabe?

Na última empresa em que trabalhei, os treinamentos on-line eram percebidos pelos funcionários como um dos benefícios da empresa… não havia campanha para isso, era um valor percebido pelo público.

Então, quando você estiver desenhando seu curso considere também o impacto motivacional, no valor social que você está gerando… mesmo que isso não fique explícito lá na tela de Objetivos do Curso, os alunos perceberão 😉

 

Quer saber mais sobre objetivos de aprendizagem?

Vem aí o curso on-line Design Instrucional para novos DIs.

Assine a newsletter e fique sabendo em primeira mão quando o curso estará no ar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *