Modelo ADDIE: Implementação da solução

Modelo ADDIE: Implementação da solução

Então você analisou conteúdos, desenhou solução, desenvolveu o curso e agora é a hora de colocar o curso para funcionar! Chegamos ao I do ADDIE: Implementação, quando os alunos passarão a interagir com a solução que você criou. Você como Designer Instrucional pode ter diferentes papéis nesta fase: – homologar o curso no LMS; – viabilizar fóruns ou outros recursos de interação aluno x professor; – coordenar a logística de entrega de materiais de apoio ou de comunicação do curso; – apoiar a comunicação do Continue lendo

Modelo ADDIE: Desenvolvimento da solução

Modelo ADDIE: Desenvolvimento da solução

Agora que você já sabe o quê (Análise) e como (Design), é hora de partir para a ação! Nesta fase, se o desenvolvimento do curso for interno, o Designer Instrucional vai dar à vida ao roteiro utilizando ferramentas de autoria; se o desenvolvimento for externo, o DI vai coordenar o processo junto ao fornecedor. Os objetivos desta etapa são: – desenvolver o curso; – aplicar Qualidade Final; – testar o curso em turmas-pilotos, se previsto. Desenvolvimento Tenha em consideração os seguintes aspectos: – interação do Continue lendo

Modelo ADDIE: o D de Design

Modelo ADDIE: o D de Design

No post anterior falei um pouquinho sobre o Modelo ADDIE e tratei o A de Análise. Hoje trago o primeiro D, de Design. E neste caso, design não tem a ver com desenho, como muitas vezes é traduzido. A Prof. Vani Kenski explica isso muito bem na introdução do seu livro Design Instrucional para cursos on-line ao falar sobre o Design Instrucional, e aqui se aplica mesmo: “…foi no idioma inglês que [design] ganhou o sentido atual – que é o processo de dar origem Continue lendo

Modelo ADDIE: 7 pontos de Análise

Modelo ADDIE: 7 pontos de Análise

Esse é o primeiro post de uma série sobre o ADDIE, em cada um vou falar sobre uma etapa desse processo. Vem comigo! O Modelo ADDIE é o mais usado no processo de produção de e-learnings, simplesmente por que ele é simples, fácil de entender, flexível e lógico. É o meu modelo preferido ❤, mas isso não quer dizer que não há desvantagem: é um processo longo para os tempos atuais de projetos ágeis… mas sua flexibilidade ainda pode dar um jeito nisso, dá pra Continue lendo

Como fazer cronogramas com GANTTER

Como fazer cronogramas com GANTTER

Como você gerencia o cronograma dos seus projetos? a. Excel b. Caderno c. De cabeça d. Que cronograma? Hoje eu quero te dar uma dica de app gratuito para te ajudar com isso. Gravei um videozinho maroto pra te mostrar. Vem comigo! Ficou alguma dúvida? Me conta aqui nos comentários.  

Equipe de produção de um e-Learning: quem faz o quê?

Equipe de produção de um e-Learning: quem faz o quê?

O desenvolvimento de um e-learning envolve muitas áreas de conhecimentos; algumas vezes muito desse trabalho está concentrado no DI, em outros casos é necessário o trabalho de toda uma equipe, com diferentes expertises. Neste post trago os principais atores envolvidos no processo de produção de um e-learning e um pouco do que cada um faz, de forma bem resumida. Gerente de Projetos O GP é o responsável por garantir que o projeto está andando de acordo com o combinado, que nada fugiu do escopo, distribuindo Continue lendo

Salário do Designer Instrucional e mercado de trabalho

Salário do Designer Instrucional e mercado de trabalho

Um pouco sobre como eu cheguei aqui… A primeira vez que ouvi falar sobre Design Instrucional eu estava em uma sala de aula, com colegas instrutores “matando o tempo”… era um daqueles blocos de tempo de respiro entre aulas e ficamos ali no laboratório de informática, uns acessando sites de busca de emprego, outros jogando papo fora. E eu nem imaginava que minha vida tomaria outro rumo a partir dali! Uma colega muito ligada em práticas inovadoras de ensino-aprendizagem comentou comigo sobre um tal Design Continue lendo

Designer Instrucional, quem é você e o que faz?

Designer Instrucional, quem é você e o que faz?

O nome pode parecer estranho, pouca gente conhece, vão confundir… mas não é nenhum bicho de sete cabeças. O Designer Instrucional, o DI, é o profissional que identifica um problema de aprendizagem ou gap de conhecimento e desenha (no sentido de projetar) uma solução, ou seja, propõe uma ação de treinamento estruturada. Também pode atender pelo nome de Designer educacional, Desenhista instrucional e, mais recentemente, Designer de experiência de aprendizagem. Na minha opinião, cada um destes títulos traz uma responsabilidade diferente, mas o mercado põe Continue lendo